Cinco dicas para aumentar a produtividade das equipes em tempos de pandemia

Imprimir
(Tempo de leitura: 3 - 5 Minutos)
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cinco dicas para aumentar a produtividade das equipes em tempos de pandemia

Por Claudia Lisboa

Há quatro anos atrás escrevi um artigo sobre dicas para aumentar nossa produtividade em tempos de crise, pois estávamos vivendo uma crise política com a eminência de um impeachment, o que veio a acontecer e nos abalou bastante economicamente na época.
Hoje relendo esse mesmo artigo, vejo o quanto ainda é pertinente, mas a crise agora é outra e é mundial, temos uma pandemia em curso, e sim continuamos com problemas políticos que reverberam em nossa economia. Portanto, precisamos enquanto líderes e/ou empreendedores, manter nossa equipe focada para que não tenhamos tantas perdas financeira e emocionais.

Por se tratar de dicas atemporais, resolvi compartilha novamente as dicas devidamente adaptadas ao contexto atual e que vão ajudar gestores e equipes a aumentar a produtividade diante de tantas adversidades. Confira.

1 – Conheça a sua equipe

Você só vai saber se a sua equipe está produzindo com eficiência se tiver informações sobre isso. Assim, é importante estabelecer indicadores de performance e analisar se o seu time está utilizando seu potencial de forma plena. Tenha em mente que pressionar o time para conseguir mais é totalmente diferente de suportar o time para produzir mais. Por isso, escute a sua equipe, converse com ela, seja um líder coach e ajude seus colaboradores a identificar seus pontos fortes, além de envolvê-los em atividades e posições em que poderão oferecer o seu melhor.

Reserve um tempo durante a semana para conversar de forma individual com os membros da equipe. Pergunte como seu liderado está se sentindo, pergunte da família, como ele está percebendo o atual momento e o que vislumbra para o futuro próximo com relação a sua carreira. Conversas amenas nesse momento são bem-vindas e também vai ajuda-lo a entender melhor seu liderado.

2 – Identifique quais são os ladrões de produtividade

Alguns ladrões de produtividade são velhos conhecidos no mundo corporativo:
Vamos as dicas básicas para cuidar melhor dessa dimensão:
01
subestimar/superestimar o tempo exigido para executar uma atividade
02
reuniões desnecessárias
03
uso excessivo do e-mail
04
interrupções constantes
05
smartphones
Incentive mudanças nesses comportamentos: utilize time sheets, envolva quem realmente precisa ser envolvido em uma reunião e tenha claros os objetivos da sua realização, reserve um tempo para ler e responder e-mails e quando for falar com alguém, planeje-se – é importante respeitar o tempo alheio. Os telefones da nova geração são maravilhosos e ninguém mais vive sem eles, mas existem várias configurações de “não perturbe” nos aplicativos mais populares que são muito úteis.
Converse com a sua equipe e conscientize a todos – inclusive você mesmo – da importância em atentar para estes comportamentos. Afinal, todo mundo quer ter uma vida além do trabalho, não é?

3 – Corte quem não é necessário

Um colaborador que requer muita atenção e supervisão para entregar precisa ser re-avaliado. E, infelizmente, colaboradores que têm todas as condições para produzir e não estão performando devem ser desligados. Estamos em um momento que temos que ter na equipe pessoas de ótima performance e não os que tem uma performance oscilante e/ou nem tem. Por isso, a comunicação é fundamental. É preciso que todos entendam o que precisa ser feito e devem ser alertados quando os resultados não estão de acordo com o esperado. Se após feedbacks recorrentes nada mudar, é hora de seguir em frente e procurar um novo candidato para aquela posição.

4 – Invista em desenvolvimento

É óbvio que o trabalho tem que ser bom para a empresa, mas tem que ser ótimo para quem executa. Investir em treinamento e desenvolvimento combina a realização de objetivos pessoais e organizacionais. Pessoas capacitadas para exercer suas funções rendem mais, trabalham mais tranquilas, se cansam menos, assumem o controle de suas atividades e precisam de menos supervisão. Esse ciclo virtuoso libera o gestor para focar em outras entregas, assim, ele também se cansará menos e conseguirá estar mais próximo de quem realmente precisa.

E nesse momento de altíssimo estresse devemos focar em proporcionar capacitações de soft skills (competência sócio emocionais) para que nosso time suporte a pressão emocional e por resultados em tempos de pandemia.

5 – Reconheça a importância de equilibrar a vida profissional com a vida pessoal

É muito complicado produzir enquanto se trava uma batalha diária contra a ansiedade e o esgotamento físico ou mental, situação essa que ampliou muito por conta da necessidade de termos que mudar toda nossa rotina de vida. Incentive seu time a realizar atividades como caminhada, yoga, uma soneca no meio do dia, meditação, fazer paradinhas ao longo do dia ou papear com alguém, recomende tudo que possa ajuda-los a manter o equilíbrio físico e mental. para que nosso time suporte a pressão emocional e por resultados em tempos de pandemia.

A situação do mundo está instável, isso é um fato. E talvez essa instabilidade se prolongue por muitos meses, infelizmente. É preciso ter foco, principalmente pra manter a economia girando, criar novos empregos e oportunidades de desenvolvimento.